Lembro-me de gostar de fotografia desde sempre mas foi com o nascimento da minha filha que a fotografia ganhou uma dimensão ainda maior. O poder reviver momentos tão preciosos e saber que esses instantes vão perdurar na história é algo que não tem preço e é por isso que a fotografia me fascina tanto. E é por isso que sou tão apaixonada por fotografia de família, de maternidade, de recém-nascidos e de crianças. Fotografia cheias de amor, carinho e ternura.

0001DSC_0742
00010001IMG_4392

00020001IMG_3788 00010001IMG_4393 00040001_MG_4359 00050001IMG_8274

“Da Vinci dizia que os olhos vêm quem somos, não a realidade.

Se a beleza está nos olhos de quem a vê, então a Andreia tem um mundo de infinita beleza dentro de si.

A atenção que coloca nos pormenores dá às suas fotografias um toque de arte tão avassalador, que mesmo o retratado fica surpreendido com a sua imagem.

Dir-se-ia que a Andreia não tira fotografias, ela vê as almas de quem fotografa e trá-las à superfície. Talvez por isso goste tanto de fotografar rostos e bebés.

A máquina já é uma continuação do seu corpo e quem a quer ver feliz é por trás da lente. Talvez por isso sejam raras as fotografias que tem de si própria. “

Patrícia Grade, escritora e autora do Atelier d’Escrita

 

 

Obrigada por passarem por aqui e sejam bem vindos!

Andreia*

Algarve